17/09/2012

Clube do livro: O Silêncio das Lembranças, de Margarete Solange.

Hello, people!
Um dia desses, lá na faculdade, vi a minha professora, Margarete Solange, e ela falou sobre o livro do meu primo que eu tinha comentado aqui , e aí eu parei pra pensar: Peraí, se eu coloquei o livro dele aqui, também tenho que mostrar o dela, que além de eu já ter lido e adorado (ou melhor, devorado, pois o livro me deixou envolvida para saber o que ia acontecer), eu emprestei pra uma amiga minha, que não me devolveu. Acho que ela "deu o ganho" no meu livro. Aiaiai
Mas voltando, os personagens principais são Marisca, a narradora, Marina, sua irmã mais velha, e Stony. A história se passa aqui no Rio Grande do Norte (eu tinha certeza que a autora era Marisca). No livro, a narradora detalha tudo o que vê, o que nos faz entrar mesmo na história, sentindo todas as emoções, e ela admira muito a sua irmã Marina, por contar histórias tão lindas que faz com que ela chore. Ah, destaque também para Stony, um personagem que foi inspirado no personagem  Heathcliff , de O Morro dos Ventos Uivantes.

Vamos ao resumo:

Marina e Marisca, duas meninas apaixonadas por leitura e pelo contato com a natureza. Felizes, brincam soltas pelos sítios que pertencem às suas tias, nos derredores da querida Casa Grande em Jardim das Vargens. Marisca, atrapalhada e dotada de imaginação fértil, confunde a realidade com o mundo dos livros. Espiona, às escondidas, os encontros de Marina e Stony, desaprova amizade da irmã com o solitário pintor.  Tenta, de todas as maneiras sondar que tipos de pensamentos e sentimentos se escondem no íntimo da sensível Marina e do misterioso rapaz. Como não consegue compreender totalmente o envolvimento dos dois, inventa, dando sua própria interpretação, a partir daquilo que vê, ouve e ler no caderninho de páginas amarelas, no qual a irmã revela seus sentimentos. Acredita que pode protegê-la das ciladas preparadas pelo coração e assim atrapalha o romance dos dois com a missão de conduzi-la a um destino melhor. Na fase adulta, torna-se jornalista e escritora; então resolve juntar tudo o que leu, viu e ouviu para escrever um romance no qual Marina é a personagem principal. Narrando sobre a irmã, revela tudo o que sabe, todavia, falando de si mesma, omite detalhes importantes. Quanto aos sentimentos do solitário pintor, não há muito que revelar, uma vez que, como ela mesma costuma dizer em sua narrativa, “não se pode sondar o íntimo de um coração sem janelas”.

Sobre a autora, Margarete Solange:

Na infância escrevia poesias e historinhas que mostrava a sua irmã mais nova para fazê-la rir ou chorar. Na adolescência, passou a escrever também peças teatrais, todavia, nem sempre se apresentava como autora de suas obras. Suas poesias escritas na adolescência foram publicadas no livreto Um Chão Maior, patrocinado por um amigo, apreciador de seus trabalhos.
Iniciou sua carreira como professora de Ensino Fundamental, porém, a hipertensão a fez deixar a sala de aula e, assumir a função de auxiliar de biblioteca. Todavia, como a escola não dispunha de condições para o bom trabalho com leitura, sentiu-se profissionalmente impotente e enfrentou períodos de depressão. Dedicou-se, então, a escrever contos, poesias e romances. Formada em Letras, com especialização em Linguística Aplicada e em Ensino de Língua Inglesa, tornou-se anos mais tarde professora universitária de Inglês e Literatura.

E aí, gostou? - Você pode até ganhar esse livro, é só seguir o blog Nosso Literário Bloguinho e ficar por dentro dos sorteios.

8 comentários:

  1. Hum... Legal Bruna.
    E a dica do momento é que no Literário Bloguinho
    tem um desafio literário e os três primeiros que acertar as perguntas vai ganhar esse livro ai.

    ResponderExcluir
  2. Massa a resenha gostei!

    http://ianapaulinhaaaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Já Li. é massa D+. Super!

    ResponderExcluir
  4. ah, fofa e tem mais,
    essa sua amiga ai que vc falou,
    deu o ganho no seu livro sim, ahahahaha
    isso sempre acontece.
    Seu blog é super, e tu tbém.
    Gostei de vc!

    ResponderExcluir
  5. Já li, Bom demais.
    Meu sobrinho adorou.
    Quem não leu tem que ler.

    ResponderExcluir
  6. ótimo livro, recomendo.

    ResponderExcluir
  7. Já li nove vezes,
    E cada vez que vou terminando a leitura me dá saudade,portanto é pra lá de bom.

    ResponderExcluir
  8. Já li nove vezes,
    E cada vez que vou terminando a leitura me dá saudade,portanto é pra lá de bom.

    ResponderExcluir